Com uma mudança de atitude, tudo pode mudar!

with Nenhum comentário

O mundo tecnológico no qual vivemos hoje, nos trouxe sem dúvida grandes benefícios, mas por outro lado, cada vez mais nos afasta do contato humano, das vivências reais, dos sentimentos legítimos, da empatia.

Nos acostumamos que, com um simples digitar, enviamos e recebemos informações, e de forma reativa vamos aceitando tudo e todos, e criando uma realidade paralela, que nos tira a oportunidade de experimentar o mundo real e fazer dele nossa plataforma de convivência.

Será que ao invés de olhar o tempo todo para a tela do celular e tirar conclusões pela opinião dos outros, o melhor seria olhar para dentro de si mesmo, analisar suas emoções, e tentar entender as dores do mundo como se fossem nossas próprias dores?

Será que assim, com nossos recursos próprios – intelectuais e emocionais – , não poderíamos criar uma nova perspectiva com força suficiente para nos influenciar positivamente e a outras pessoas e, assim, de forma tão simples, começar a mudar o mundo, torná-lo mais humano, mais a nossa cara, entendendo que a nossa cara é a mesma cara de outros que sofrem em silêncio e não pedem ajuda, é entender com amor e empatia o outro e se identificar com sua causa, seja ela qual for?

Tente! Experimente! Mude de atitude, seja solidário, seja voluntário, que tudo mudará à sua volta!

 

Por Cecília Strang

Sócia-Diretora Alfapress

Envolvimento de grafite e conhecimento

with Nenhum comentário

 

A arte está muito presente no CPTI, com a música, dança e artesanato, mas dia 12 de abril foi a vez do grafite. Como parte da revitalização da fachada da Unidade Regina Amélia, a instituição recebeu o grafiteiro especializado em mandala, Jose Flavio Audi. Com diversas imagens espalhadas pela região, o artista conversou com os educandos e contou sua história de vida e como foi chegar no lugar onde está. Além de conversar sobre os desafios da profissão e as realizações, Audi deixou sua marca na sala dos educandos do Regina Amélia e em uma parede da unidade.

Em conjunto com as atividades trabalhadas pela educadora Vanessa de Araujo sobre autoconhecimento, autoestima e identidade, as mandalas foram utilizadas como conteúdo prático de desenvolvimento do semestre.

Parceria com DELL

with Nenhum comentário

A empresa DELL iniciou um projeto com o grupo de adolescentes do CPTI no dia 02 de abril e finalizou no dia 23. No primeiro dia de atividades, os educandos se apresentaram e contaram sobre seus sonhos de vida, o que desejariam fazer e alguns estavam empenhados em ir atrás do seu desejo. “Foi muito gratificante a troca de experiências com jovens de idades e personalidades diferentes, através das nossas atividades eles expressaram quem são e o que desejam para o futuro”, conta Marcelo Catão.

O envolvimento dos educandos foi muito forte e se intensificou quando realizaram a dinâmica. Separados em grupos entre adolescentes e colaboradores, tiveram que elaborar respostas sobre a importância do trabalho e debater o que cada grupo respondeu.

O dia 23 de abril foi de esportes. Os colaboradores com envolvimento no esporte se apresentaram e contaram o que já fazem. Felipe Muramoto contou que participa de triatlos, faz exercício frequentemente e explicou sobre provas, como IRONMAN, que contém três etapas: 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,2 km de corrida. Ele contou ainda que participou de uma prova menor, sendo metade desse circuito: 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida.

Durante os jogos de pique bandeira, queimada de quatro bolas e futebol houve a integração e união de colaboradores e educandos. Uniram-se forças para ganhar os jogos, mas quem venceu foi a colaboração. “Foi muito importante observar a forma com que é trabalhado o respeito e as regras entre todos. O esporte tem que fazer parte de nossa rotina diária, ele é uma estrutura fundamental para a sociedade”, comentou Marcelo.  Como foram apenas duas horas de atividade, os jogos foram rápidos e diretos, finalizando com um lanche fornecido pela empresa, de pipoca e refrigerante.

A DELL realizou ainda a doação de mais de 100 Kg de alimentos não perecíveis para o CPTI.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Abertura na 40º Expo Aviesp

with Nenhum comentário

No dia 12 de abril o Projeto Allegro se apresentou na abertura da AVIESP 2018. Renomada feira de turismo, recebeu cerca de 4 mil pessoas nos dois dias (12 e 13), e teve a presença de cerca de 300 pessoas assistindo a apresentação.

O grupo de coral e instrumentos emocionou a todos com as músicas “Era uma vez”, “Minha Felicidade” e “A lenda”. Durante os dois dias, o CPTI esteve com um estande na feira oferecido pela organização do evento, sendo palco de inúmeros elogios por quem assistiu as apresentações.

O Allegro está apto para receber patrocinío de empresas, por meio da lei de incentivo fiscal (Lei 12.268/06) – ProAC ICMS. A empresa não tem custo para fazer destinação e ainda se beneficia ao associar a sua imagem a uma instituição séria, extremamente comprometida com os direitos da criança e do adolescente.

Para saber mais e patrocinar o Projeto Allegro, basta entrar em contato com a área de Mobilização de Recursos e Comunicação, pelo telefone (19) 3781-8093 ou e-mail comunicacao@cpti.org.br.

 

 

Mês doce no CPTI

with Nenhum comentário

No CPTI, a Páscoa é sinônimo de partilhar, seja a alegria, o amor ou até mesmo o chocolate. Em 2018 a instituição recebeu diversas doações e foram realizadas atividades em torno dos recebimentos.

Em parceria com a empresa Deloitte, no dia 28 de março os educandos fizeram cupcakes e brigadeiros durante o período da manhã e da tarde, com a ajuda das estagiárias de Nutrição da UNIP, a equipe da cozinha e os educadores. Todas as equipes foram de grande importância no desenvolvimento da ação, desde a preparação da massa, até assar e enfeitar. Como uma linha de produção, cada educando participou das etapas do processo: fazer a massa, colocar na forma, enfeitar com chantilly e depois com granulado na parte de cima.

Os doces foram servidos como sobremesa da refeição do dia. Juliana Toledo de Souza, intermediadora e sempre presente nas ações com apoio da Deloitte, compareceu no dia e participou de alguns momentos da oficina. “Com esta campanha foi possível demonstrar para estas crianças o valor que podemos agregar em um brigadeiro, quando feito com afeto e amizade”, comenta sobre a participação.

 

A empresa CI&T doou barras de chocolate para serem entregues aos educandos. No total de 283 barras, os colaboradores da empresa colocaram vários recados direcionados aos educandos

, como “que seus sonhos se realizem”, “que você tenha um dia iluminado”, “que o coelhinho traga muito mais que chocolate. Que ele lhe traga paz, amor e esperança”, “que nesta época renasça o amor, a fé e a esperança no seu coração” e mais mensagens cheias de carinho.

 

A colaboradora Natalia Veleziana de Oliveira faz parte do comitê que organizou a ação dentro da empresa Ci&T. Através do engajamento para a doação, surgiu a ideia de escreverem bilhetes aos educandos com um único proposito. “O objetivo principal dessa ação, foi de praticar a solidariedade e levar uma mensagem de carinho para as crianças”, relata Natalia.

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais doações

A empresa GE realizou uma ação de voluntariado com os colaboradores, e arrecadou 158 barras de chocolate para o CPTI. A empresa que está sempre realizando diversas ações com a Instituição, esteve presente em mais um dia especial.

Além de tudo, recebemos uma doação do Rafael Rezende, que compartilhou caixas de bombom e barras de chocolate, sendo todas incluídas na atividade de partilha nas rodas de conversa com os educandos.

Arrecadação de prendas para a Festa Junina!

with Nenhum comentário

A Festa Junina do CPTI já tem data marcada: 09 de junho, das 11h às 20h, na Unidade Regina Amélia. Para a festa ser um sucesso, a instituição está arrecadando prendas e prêmios para as barracas de brincadeiras, bingos e sorteios.

Carrinhos, bolas, pipas, jogos e bonecas são as prendas mais procuradas durante as brincadeiras de pesca, argola e roleta. Já para bingo e sorteio, itens para casa e decoração, eletroeletrônicos são ótimas opções de doação.

Todos os educandos do CPTI ganham vale-alimentação e brinquedo para se divertirem na Festa. Para o público em geral os  cupons são vendidos a preços acessíveis.

Caso se interesse pela iniciativa, entre em contato pelo e-mail comunicacao@cpti.org.br, telefone (19) 3781-8090 ou através de nossas redes sociais.

Aproveite e já reserve a data na agenda e venha prestigiar a Festa tão aguardada e comemorada. Teremos muitas barracas típicas e diversas apresentações durante o dia.

 

 

Projeto Allegro precisa de patrocinadores!

with Nenhum comentário

add content here

add content here

O Projeto Allegro: Musica e Cidadania do CPTI é uma iniciativa que desde 2007 desenvolve habilidades e potencialidades musicais em mais de 250 crianças, adolescentes e jovens. Consolidado dentro da instituição, o projeto conta hoje com o patrocínio das empresas GKN Sinter Metals, ArcelorMittal Gonvarri, Mahle e Afiadora e Facas Campinas, por meio do ProAC ICMS.

Em 2015 o Allegro fez a gravação de um CD com músicas de autoria própria e de domínio popular e em 2017 gravou em DVD, o espetáculo “Crianças de Todas as Cores”. Além de realizar em média de 25 apresentações anuais em: aberturas de eventos de grande porte como AVIESP;  empresas de vários segmentos e portes – Mahle, NET, Rápido Luxo, PST Eletronics; eventos públicos –  shopping, escolas; sempre mediante convite.

O Allegro está apto para receber patrocinío de empresas, por meio da lei de incentivo fiscal do ICMS (Lei 12.268/06). A empresa que faz uma destinação não tem custo e ainda se beneficia ao associar a sua imagem a uma instituição séria, extremamente comprometida com os direitos da criança e do adolescente.

Para saber mais, e patrocinar o Projeto Allegro, basta entrar em contato com a área de Mobilização de Recursos e Comunicação, pelos telefones (19) 3781-8093 ou e-mail comunicacao@cpti.org.br.

Confira mais aqui! 

 

 

 

 

 

Ballet no CPTI!

with Nenhum comentário

Há 17 anos o Ballet Harmonia mantém parceria com o CPTI, possibilitando às crianças o acesso a aulas de ballet e a participação no Projeto Dança e Cidadania. A ideia surgiu quando a diretora na época, Sylvia Leeven, teve a vontade de trazer a modalidade para a instituição e, conversando com Lucia Teixeira, do Ballet Harmonia, viabilizou no CPTI a primeira oficina cultural. Durante todos esses anos passaram pelo CPTI vários professores e estagiários e, atualmente, as responsáveis pelas aulas de ballet são Taiany de Oliveira e Andressa Soares.

Taiany, 22 anos, dá aula no CPTI há 3 anos e para ela o ballet na instituição é uma forma de sensibilização da realidade. “A gente vê uma evolução no comportamento, disciplina, muitas crianças que usam aqui como escape, elas se sentem bem. Não só a gente cresce muito, mas as crianças também”, explica.

Já Andressa, 20 anos, está indo para o segundo ano como monitora no projeto. Para ela, fazer parte do trabalho com a instituição ajuda a crescer profissionalmente e como ser humano. “A gente vê crianças que precisam de ajuda, e eu acho que de certa forma ajuda a evoluir”, conta.

O método utilizado é da Royal Academy of Dance, sendo solicitado sempre no começo do ano pelas professoras, muito comprometimento e disciplina dos educandos, para que eles consigam realizar todo o processo e finalizar o curso. O projeto Dança e Cidadania disponibiliza gratuitamente os uniformes e os figurinos das apresentações para todos os educandos, sendo entregues a partir de um mês de aula.

O Projeto Dança e Cidadania, que abrange 350 crianças, faz anualmente apresentações e os educandos do CPTI também delas participam. Embora os ensaios sejam separados, próximo das apresentações são marcados os ensaios gerais, quando todos os bailarinos se encontram e ensaiam o espetáculo completo.    No ano de 2017, o espetáculo de fim de ano foi ‘O Quebra Nozes’ e a participação dos educandos do CPTI se deu em apresentações em Campinas e Mogi Guaçu, além de  apresentações de outro espetáculo ‘As Estações’, em setembro/2017, em Campinas e Itajubá-MG. Atualmente, participam do ballet no CPTI  50 crianças e adolescentes de 7 a 18 anos. Outras 16 crianças e adolescentes iniciaram no CPTI e hoje são atendidas na Academia do Ballet Harmonia, dentro do Projeto Dança e Cidadania.

O oferecimento do ballet na instituição tem trazido resultados além do esperado, com bailarinos que saíram do projeto e estão dançando profissionalmente. Jonathan Rodrigues é um exemplo disso. Ex-educando do CPTI, iniciou seus estudos de ballet no CPTI em 2001, aos 9 anos de idade e, atualmente, é bailarino contratado do Finnish National Ballet de Helsinque, Finlandia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fevereiro também tem carnaval no CPTI

with Nenhum comentário

O mês de fevereiro é marcado pelo carnaval no Brasil inteiro. Para além das festas, o CPTI realizou durante a semana de  05 a 08, rodas de conversa e atividades com os educandos, de preparação para o baile de carnaval na sexta-feira.

A escolha para trabalhar a festividade deu-se pelo significado que a festa tem no país, pela tradição, pela cor, pelo ritmo e pela magia do evento. Os educadores utilizaram de pesquisa para trazer durante as rodas, com as crianças e aos adolescentes, a origem e as características do carnaval, além do reconhecimento como uma festividade brasileira e identificação das músicas tradicionais da data.

A produção das máscaras foi feita com papel sulfite, EVA e cartolina. As escolhas dos desenhos pelos educandos tiveram desde Batman a uma borboleta bem colorida. Outros educandos buscaram fantasias dentro do ateliê de roupas do CPTI e se fantasiaram dos mais diversos personagens.

O baile de carnaval foi repleto de energia positiva. Os educandos assistiram a uma apresentação de dança e uma de música, organizada pelas crianças e apoiada pelos educadores. Eles aproveitaram para mostrar o que têm de melhor. Elisier Elias de 11 anos participou da coreografia apresentada. “A gente queria dançar, ensaiamos cinco vezes e depois deixamos uma vez livre. Depois todo mundo fez de novo e conseguimos”, conta o educando.

A apresentação de música foi escolha dos adolescentes. O educador Lucas Gonzaga conversou com os jovens e questionou o que cada um gostava de fazer. Após decidirem que iam se apresentar, foi a hora de escolher as músicas. “Dona Maria” de Thiago Brava ft. Jorge, “Minha Felicidade” de Roberta Campos e “Valeu, amigo” do MC Pikeno e Menor foram as selecionadas para cantarem no dia.

 

Doe sua nota com cpf sem colocar a mão no bolso!

with Nenhum comentário

 

A partir de agora não precisa mais entrar no aplicativo do celular para doar através da Nota Fiscal Paulista (NFP). A atualização do programa permite vincular o CPF e a instituição, facilitando para o consumidor doar, sendo automática a destinação após inserir o CPF na compra.

Para realizar o cadastro é necessário entrar no site da NFP com seu login e senha, acessar a aba “entidade” e “doação de cupons com CPF”. Procure a instituição pelo CNPJ 71.748.305/0001-24, selecione o período pelo qual o CPF estará vinculado ao CPTI e basta confirmar a doação.

As doações são de extrema importância para a entidade. O valor arrecadado é revertido para a manutenção e desenvolvimento das atividades realizadas pelo CPTI para mais de 500 crianças e 700 famílias no atendimento direto.

 

 

Passo a passo:

 

  • Faça o login com o seu CPF e senha.

 

  • Vá na aba ‘‘Entidades’’ e selecione a opção ‘‘Doação de cupons com CPF (automática)’’.

 

  • Informe o período da doação. Selecione ‘‘Anual’’.

 

 

 

 

  • Procure a nossa entidade através do CNPJ: 71.748.305/0001-24 (não procure pelo nome ‘‘CPTI’’ e sim pelo CNPJ).

 

  • Assinale a primeira opção ‘‘CENTRO PROMOCIONAL TIA ILEIDE DE ASSISTENCIA A CRIANCA E FAMILIA C P TIA ILEIDE’’.

 

  • Aperte ‘‘confirmar’’ e pronto. Todas as notas com o seu CPF serão automaticamente doadas para o CPTI, não precisando mais serem digitadas no aplicativo.

 

 

1 2